“O mundo precisa ser romantizado. Assim, seu sentido original pode ser redescoberto. Romantizar o mundo é fazer-nos conscientes da magia, mistério e maravilha do lugar-comum; é educar os sentidos para ver o ordinário como extraordinário, o familiar como estranho, o mundano como sagrado, o finito como infinito.”

 

Novalis

 

CURSOS LIVRES

Antropologia Visual

Vídeo-aula filmada para o curso "Identidade Visual e Processo Límbico" ministrado por Mario Narita na plataforma de educação online Saibalá.

PROPOSTA | Desenvolver e descondicionar o olhar sobre o cotidiano na tentativa de reavivar a magia do lugar-comum e enxergar além dos fenômenos visuais, acessando uma perspectiva inspiradora e imaginativa para além do literal e conhecido de todos os dias.

CONTEÚDO | O curso estuda o papel da cultura visual e material na construção de identidades, espaços e sociedade a partir da ótica da Antropologia visual, filosofia de pesquisa que visa experienciar, interpretar e retratar códigos visuais e culturais que orientam atitudes, comportamentos e escolhas.

FORMA | O curso mescla discussões teóricas, exercícios práticos e estudos de casos que buscam exercitar o olhar e tornar visível e evidente a teia de significados sob a qual nossa forma de ver é construída.

FORMATO | 30 horas = 10 encontros

PLANO DE AULAS

  • Aula 1 | Introdução: O que é e para que serve antropologia visual?

  • Aula 2 | A alma dos Objetos: Por que temos o que temos? Qual o papel dos objetos em nossa vida e como eles nos ajudam a contar nossa história?

  • Aula 3 | Psicogeografia da Casa: Como cada cômodo da casa esta ligado aos aspectos psicológicos e comportamentais de seus habitantes?

  • Aula 4 | Moda e Identidade: Qual é seu estilo? Como o jeito que nos vestimos ajuda a materializar quem somos ou gostaríamos de ser?

  • Aula 5 | Cultura e Comunidade: O que nos aproxima? Qual o papel de ícones e símbolos visuais na construção de uma sociedade e sua cultura?

  • Aula 6 | Performances do Cotidiano: Qual a distância entre aquilo que somos e a imagem que apresentamos ao mundo?

  • Aula 7 | Navegando a Cidade: O que uma cidade pode contar sobre seus habitantes e como isso interfere na percepção da realidade?

  • Aula 8 | O Papel da Imagem: Como a imagem pode ser usada para representar comportamentos e atitudes?

  • Aula 9 | Equipamentos, experiência e linguagem: Qual o impacto que o pesquisador gera no contexto que está estudado e como tirar vantagem dessa interferência?

  • Aula 10 | Estudo de Caso

LOCAL | Rua Iperoig, 401, Perdizes (10 min da PUC-SP)

INVESTIMENTO | R$ 2.100 (Curso completo) / R$ 400 (Aula avulsa)

QUANDO | De 01 a 31 de outubro, segundas e quartas, das 19h30 às 22h30

*O curso acontece semestralmente. Para ficar sabendo as datas das próximas turmas e acompanhar as novidades, registre seu interesse ou inscreva-se desde já e garanta sua vaga na próxima turma.

VAGAS LIMITADAS, NÃO DEIXE PARA A ÚLTIMA HORA



PALESTRAS

Cotidiano como fonte de inspiração e criatividade

Nesta palestra é apresentado um diagnóstico breve de como a sociedade contemporânea nos conduziu a uma certa dormência sensorial e como a partir de exercícios simples muito utilizados por pesquisadores em geral  é possível resgatar o potencial criativo de nossas experiências cotidianas. 

 

Entrevista concedida para a a Infame, plataforma de conteúdo criada com o propósito de  redistribuir olhares

MaxTitanium-3703.jpg

Antropologia dos Sentidos

Inspirada em técnicas de pesquisa multissensorial e conceitos da fenomenologia e existencialismo, esta palestra tem como objetivo trazer luz para o não-dito, para o que é de domínio do sensível. A proposta é discutir as limitações da linguagem como forma de expressão; e apresentar o potencial investigativo dos sentidos, fundamental para acessar o pensamento abstrato e transcender os limites do discurso no processo de pesquisa.

 

Cultura Material e a Alma dos Objetos

Aquilo que escolhermos manter perto de nós é um retrato fiel daquilo que fomos, somos ou desejamos ser. Estudar a relação das pessoas com os objetos é uma forma de entender hábitos, valores e comportamentos de forma genuína e direta. Esta palestra tem como propósito chamar atenção para a importância da cultura material no processo de construção de cultura e identidade e o impacto do consumismo e universo digital nesta relação. 

Bradesco Seguros-4754.jpg

Se interessou por alguma palestra? Quer contratar uma palestra para sua empresa ou evento? Quer organizar uma palestra independente para amigos, conhecidos e interessados em geral?  Entre em contato e receba mais informações